• Melhores momentos do maior carnaval do Baixo Parnaíba!

    Clique AQUI e veja as imagens

  • Povoado Centro Velho: mais uma comunidade que recebeu estrada esse ano

    A obra faz parte do convênio de 95km de estradas vicinais, firmado entre prefeitura de Chapadinha e Governo do Estado. (clique)

  • Povoado Olho D’água Seco: depois de mais de 70 anos os moradores podem dizer que tem estrada!

    Dona Maria Rosa, mais conhecida por Branca, vive há 74 anos no povoado Olho D’água Seco. O desejo dela, assim como o de todos que moram no local, era o mesmo: poder dizer, pela primeira vez, que tem uma estrada de verdade. (clique)

.

.

31 de janeiro de 2014

Atenção professores ! CNTE convoca a categoria para a grande paralisação nacional em decorrência da desvalorização da educação em nosso país.



A CNTE convoca mobilização nacional para os dias 17, 18 e 19 de março. Trabalhadores em educação vão parar o Brasil para exigir o cumprimento da lei do piso, carreira e jornada, investimento dos royalties de petróleo na valorização da categoria, votação imediata do Plano Nacional de Educação, destinação de 10% do PIB para a educação pública e contra a proposta dos governadores e o INPC. 

A mobilização foi anunciada pelo presidente da CNTE após, ao arrepio da Lei, o Ministério da Educação orientar a atualização do piso em 8,32%, com a publicação, no dia 18/12 do ano passado, por meio da Portaria Interministerial nº 16 (DOU, pág. 24), da nova estimativa de custo aluno do Fundeb para 2013, a qual serve de referência para a correção do piso salarial do magistério em 2014. 

O critério utilizado pelo MEC para atualizar o piso, em 2014, compara a previsão de custo aluno anunciada em dezembro de 2012 (R$ 1.867,15) com a de dezembro de 2013 (R$ 2.022,51), sendo que o percentual de crescimento entre os valores foi de 8,32%, passando o piso à quantia de R$ 1.697,37. Até então, a previsão de atualização era de 19%.

Assim como no ano passado, a CNTE questionou o percentual de correção do piso para 2014, uma vez que dados já consolidados do Fundeb, até novembro de 2013, apontavamm crescimento do valor mínimo de aproximadamente 15%. E isso levou a crer que o MEC agiu na ilegalidade, a fim de contemplar reivindicações de governadores e prefeitos que dizem não ter condições de honrar o reajuste definido na Lei do Piso, mas que, em momento algum, provam a propalada incapacidade financeira.

Se, em 2013, o calote no reajuste do piso foi de cerca de 8%, este ano ele ficará em torno de 7%, totalizando 15%, fora as contradições interpretativas do acórdão do STF sobre o julgamento da ADIn 4.167, que excluiu o ano de 2009 das atualizações e fixou percentual abaixo do previsto em 2010, conforme denunciado à época pela CNTE.

Diante da nova “maquiagem” que limitará o crescimento do piso, inclusive à luz do que vislumbra a meta 17 do PNE, a CNTE antecipou sua decisão de organizar grande mobilização nacional da categoria no início doano letivo, orientando suas entidades filiadas a ingressarem na justiça local contra os governadores e prefeitos que mantêm a aplicação dos percentuais defasados para o piso do magistério, como forma de contrapor os desmandos dos gestores públicos que têm feito caixa com os recursos destinados à valorização dos profissionais das escolas públicas.

Plano Nacional de Educação

O plenário do Senado Federal aprovou dia 17, a versão do PNE que seguirá para análise final na Câmara dos Deputados.

Em nota (clique aqui), a CNTE expôs sua contrariedade ao relatório final do Senado, apontando os pontos críticos que a Entidade lutará para que sejam revertidos na tramitação da Câmara dos Deputados, que deverá ocorrer no início deste ano.

Essa tramitação derradeira colocará frente a frente os substitutivos aprovados pela Câmara e o Senado, devendo prevalecer um dos dois textos. E a CNTE lutará pela manutenção das metas de alfabetização até o fim do primeiro ciclo do ensino fundamental, pela expansão das vagas públicas na educação profissional e no ensino superior, pela destinação das verbas públicas (10% do PIB) para a educação pública, assim como requererá a manutenção de artigos do projeto de lei e de estratégias do substitutivo da Câmara, a exemplo da que prevê a fixação de prazo para aprovação da Lei de Responsabilidade Educacional – a fim de que o PNE não se torne uma nova carta de intenções – e da que garante a complementação da União ao CAQ, além de outros pontos.


blog do sindchap - chapadinha-ma

29 de janeiro de 2014

SindChap se reúne com a secretária de educação, Maria Coêlho, que fala de suas ações em prol da categoria



Atendendo a solicitação do SindChap, por meio de ofício, a secretária municipal de educação, Maria Coêlho, se reuniu no inicio da tarde da última segunda-feira (27), em seu gabinete, com o presidente da entidade, prof. Armando Araújo, vice, Vera Lúcia e os membros, Prof. Luis Mendes, Regina Araújo e o secretário geral, Enedilson Santos.

Na pauta, foram discutidos os assuntos mais preocupantes de interesse dos profissionais de educação, como folha e calendário de pagamento, calendário escolar, carga horária de trabalho, reajustes salariais  e a liberação das progressões e promoções da categoria

Segundo a secretária o pagamento desse mês ocorrerá de acordo com a nota de esclarecimento do poder executivo divulgado pela assessoria de comunicação no dia 21. A nota esclarece que "devido os ajustes ocorridos no governo municipal nos últimos dias, a prefeita de chapadinha, Ducilene Belezinha, garante que até a data limite todos os servidores públicos municipais receberão seus vencimentos referentes ao mês de janeiro. A prefeita comunica ainda que a partir de fevereiro será divulgado calendário oficial de pagamento.

Questionada sobre os reajustes do piso nacional dos professores, a secretária argumentou que o MEC ainda não definiu oficialmente o valor, que poderá ter reajuste  com base na Portaria MEC nº 16/2013 em 18/12/2013 que alterou o valor aluno/ano em R$ 2.022,51, com o crescimento de apenas 8,32% em relação a Portaria do MEC nº 1495/2012.

Se o percentual de 8,32% for mantido o piso nacional dos professores de educação básica deverá ser fixado este ano em R$ 1.697,39, para uma jornada de 40 horas. A portaria com o novo valor ainda não foi publicada, mas, segundo o Ministério da Educação (MEC), isso deve acontecer ainda neste mês, informa o site da AGENCIA BRASIL (clique).

Munida dessas informações a secretária de educação disse que se o MEC definir oficialmente o valor do piso, ainda neste mês, o novo reajuste será incluído na folha de pagamento, caso contrário, o poder executivo pagará em fevereiro de forma retroativa a janeiro, sem perdas salariais a categoria. 

"Eu já fiz parte da SEMED em governos anteriores e essa situação já ocorreu no passado, porém, os valores foram devidamente repassados aos professores com retroativos, da mesma forma, tranquilizo a minha categoria que não será diferente, caso o MEC não atualize o piso a tempo de ser incluso na folha de pagamento de janeiro", garantiu Maria Coêlho.

Como professora sindicalista, a nova secretária se solidariza a luta de classe para que consiga reverter a desvalorização dos professores, imposta pelo governo federal, que age sob às pressões dos políticos que não fazem nada para desenvolver a educação do nosso país.

Quanto a adequação da  jornada de trabalho dos professores, a secretária disse que todos os levantamentos estão sendo realizados para que todos os profissionais sejam enquadrados, sem que haja necessidade de pagar horas/extras, proporcionando a melhor qualidade de ensino e vida dos educadores.

A respeito do calendário escolar 2014, o mesmo já foi concluído, restando apenas a impressão. "No entanto antes do inicio das aulas os professores terão em mão, não só o calendário, como também o Diário para o registro das atividades escolares", enfatizou a nova secretária

Sobre o calendário de pagamento, a secretária comentou que a SEMED junto às secretárias municipais de administração e finanças com o aval da prefeita, Ducilene Belezinha, em fevereiro o mesmo será publicado e divulgado ao alcance de todos os servidores públicos, efetivos e aposentados.

A gestora educacional disse ainda que é compromisso e dever, cumprir os direitos dos professores da rede municipal de ensino, assim como todos os servidores e para isso o governo está tomando atitudes para efetivar a liberação  das progressões e promoções da categoria que vem se acumulando no decorrer dos anos.

Acreditando que as reivindicações dos servidores, não só da educação, mas de todos os seguimentos, possam ser posto em prática, quando envolve o diálogo e o respeito ao órgão representativo e principalmente a classe trabalhadora, o presidente, Armando Araújo, agradeceu os esclarecimentos da secretária, que apesar de estar a frente da secretaria de educação, tem um compromisso ímpar com os profissionais de educação e o sindicato do qual faz parte e ajudou a construir a história da entidade.

Enedilson Santos
Secretário - Geral do SindChap

Fonte: Blog do SindChap


25 de janeiro de 2014

VÍDEOS: prefeita Ducilene Belezinha recebe comissão do SindChap e discute as reivindicações dos Servidores Públicos Municipais de Chapadinha-MA ( PARTE I )


Reunião de gabinete realizada em 10/01/2014.
Vídeos cedidos para o SindChap pela Assessoria de Comunicação do poder executivo.






Fonte: Blog do SindChap


24 de janeiro de 2014

Parabéns a Exma prefeita, Ducilene Belezinha !



Nesta sexta-feira (24) se comemora com muita alegria mais um aniversário da nossa Exma prefeita municipal de Chapadinha-MA, Ducilene Pontes (Belezinha). Que esta data possa se tornar um símbolo de um novo recomeço. 

Que o sonho de uma cidade cada vez melhor esteja presente em sua vida e que o Senhor do universo possa lhe dar forças para superar todas as adversidades em prol da nossa amada chapada.

Que este dia venha lhe trazer não só mais uma primavera, mas também mais experiência e mais vontade de trabalhar pelo nosso povo, servidores e toda a sociedade chapadinhense.

Feliz aniversário nobre amiga ! 

Enedilson Santos


22 de janeiro de 2014

SINDCHAP: Controlador jurídico da prefeitura de Chapadinha recebe comissão de fiscais de tributos.



Ontem (21) pela manhã uma comissão formada por dois fiscais de tributo: José Romão e Vicente de Paula, junto ao presidente do SindChap, Armando F. Araújo e o secretário geral da entidade, Enedilson Santos, estiveram reunidos na sala da Controladoria Geral do município, onde foram recebidos pelo controlador jurídico, Dr. Antonio Guedes de Paiva Neto. 

A pequena reunião pautada na lei nº 1021 de 10 de abril de 2006 que dispõe sobre a gratificação de produtividade fiscal no âmbito do município de Chapadinha, foi necessária, uma vez que na reunião de gabinete, ocorrida no dia 10 do corrente mês, os fiscais não estavam presentes para discutir as reivindicações exclusiva da categoria.

A insatisfação dos fiscais de tributos se deu pelo não repasse de suas gratificações de 6%, das notificações de apurações e arrecadações de impostos feitos diretamente por esses profissionais. Dado o reconhecimento do não cumprimento do direito pelo controlador e a prefeita municipal, Ducilene Belezinha, os fiscais decidiram procurar Dr. Guedes, acompanhados de seus representantes legais no intuito de negociar suas gratificações de 2013 e solicitar o repasse mensal do direito adquirido, conforme a produtividade na arrecadação dos tributos por eles notificados.

Dr. Guedes esclareceu ao presidente do Sindchap e aos fiscais que após a reunião de gabinete tomou providências, solicitando da chefe do Setor de Tributos, Sra. Elma Almeida, que fizesse a apuração de todos os impostos arrecadados mediante notificações efetiva pelos fiscais de tributos em 2013, para que seja devidamente repassados suas gratificações. Como o controlador havia solicitado ao setor informalmente, ele resolveu oficializar o pedido na presença dos fiscais.

O controlador garantiu ainda ao Sindchap que de agora em diante serão pagos as gratificações de 6% aos fiscais (valores pagos não excedendo 300% do salário base desses profissionais, de acordo com os requisitos da lei nº 1021/2006 art. 3º) . 

Segundo Dr. Guedes a prefeita Belezinha tem interesse em cumprir o que determina a lei, motivando os fiscais de tributos ao melhor desempenho de suas funções, pois dessa forma o poder público ganha com a arrecadação para ser revestida em benefícios para toda a sociedade.


Enedilson Santos
Secretário Geral do SindChap

Fonte: Blog do SindChap


14 de janeiro de 2014

MEC ainda não se pronunciou sobre reajuste do piso do magistério para 2014



O ano se inicia e até agora o Ministério da Educação não se pronunciou quanto ao percentual de reajuste do piso salarial do magistério para 2014. A falta da divulgação oficial por parte do órgão gera expectativa aos gestores municipais.

De acordo com a Lei 11.738/2008, o critério de reajuste é a variação do valor mínimo anual por aluno dos anos iniciais do ensino fundamental urbano do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) nos dois anos anteriores à concessão do reajuste.

No entanto, como a Lei prevê reajuste anual em janeiro e a receita realizada do Fundeb a cada ano é divulgada somente em abril do ano seguinte, o governo federal criou uma fórmula para cálculo do índice de reajuste do piso, que considera a última estimativa do valor aluno/ano do Fundeb nos dois anos anteriores à atualização do valor do piso.

As últimas estimativas do valor aluno/ano do Fundeb para 2012 e 2013, respectivamente publicadas pelas Portarias 1.495, de 28 de dezembro de 2012, e 16, de 17 de dezembro de 2013, foram de R$ 1.867,15 e R$ 2.022,51. Com base no critério adotado pelo MEC, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) prevê um reajuste de 8,32% e um piso salarial de R$ 1.697,39.


12 de janeiro de 2014

Alerta ! Criaram perfil falso no facebook em nome do líder político, Isaías Fortes.


O médico cirurgião plástico e ex-secretário de saúde do município de Chapadinha, Dr. Charles Bacellar, faz um alerta sobre um perfil falso em nome do líder político, "ISAÍAS FORTES". Pessoas da família Fortes já fizeram comentários achando ser autentico o perfil.

veja abaixo um print do fake:



Dr Charles acredita que essa atitude maldosa partiu de "inimigos, pois até os adversários políticos o respeitam e tem moral para não fazer coisas falsas !". Alguns acham que tudo pode ser em consequência dos últimos acontecimentos relacionado com a política da nossa chapada que culminou com o rompimento do grupo.

A prefeita Belezinha também já foi alvo de fakes. Em junho de 2013 a assessoria de comunicação do governo  publicou a seguinte nota:

"Em nome da prefeita Ducilene Belezinha venho informar que o perfil no facebook que leva seu nome "Ducilene Belezinha Pontes" é falso. O mesmo está se passando pela prefeita e postando comentários sem sua autorização. Belezinha possui um único perfil, que leva o nome de "Ducilene Belezinha". A prefeita solicita a todos os contatos adicionados ao perfil FALSO que denunciam e deletem. Lembrando ainda que constitui crime usar dados de outrem sem a devida autorização" - Brendha Gomes. 

Reveja a matéria na íntegra, clicando AQUI.

Agora a vítima foi Isaías Fortes. Com certeza a família deverá notificar os administradores do facebook para que seja excluído o perfil falso, antes que tome proporções desagradáveis.

Enedilson Santos


Prefeita Ducilene Belezinha recebe comissão do SindChap e discute as reivindicações dos Servidores Públicos Municipais de Chapadinha-MA



Aconteceu na última sexta-feira (10), às 17:00hs no gabinete da prefeita municipal de Chapadinha, Ducilene Belezinha, a reunião entre a comissão formada pelo SindChap, em sua maioria por professores, que previamente já haviam debatido os direitos da categoria, junto com os assessores e secretariados na última terça (07).

A prefeita Belezinha e sua equipe de governo, receberam os professores, anunciando de antemão, a nova secretária de Educação, Maria Coelho, que logo depois das discussões foi devidamente empossada, em cerimônia no auditório da prefeitura, para a alegria da entidade que ver com bons olhos sua atuação a frente da pasta, por seu longo histórico de experiência em governo anteriores e também por ser uma sindicalista pioneira, desde a fundação do sindicato dos servidores. Clique AQUI e conheça a trajetória de trabalho de nossa secretária de educação. (Fonte: Blog Café Pequeno)

A principio a comissão, que já havia se reunido no dia 8, decidiram abordar na pauta não só os problemas da educação, no que toca os professores, mas também todas as reivindicações pendente dos servidores públicos municipais, como por exemplo, dos vigias, ASGs, GCMs, profissionais da saúde, fiscais de tributos, aposentados e demais categorias. Clique AQUI e veja os assuntos pautados. 

A reunião de gabinete foi presidida pelo secretário do trabalho, Zezinho Lima, que deu boas vindas a todos, falando da importância do diálogo na construção de um governo participativo, onde todos podem contribuir significativamente com a administração pública. 

Iniciando a discussão, foi dada a palavra ao presidente do SindChap, professsor Armando Ferreira de Araújo, que agradeceu a prefeita, por mais uma vez atender a comissão do sindicato, que ao longo de 2013, foi travado várias discussões em gabinete e no ministério público com as reivindicações dos servidores, onde poucos pontos foram atendidos. Em seguida o presidente, expôs cada item da pauta para que os mesmos fossem discutidos pela comissão, equipe de governo e a gestora.

Dando sequência, a professora Neldan Araújo e Francilene Lima, fizeram uma explanação dos problemas educacionais de Chapadinha, falando do temor que os servidores tem de acontecer um colapso nas finanças do município, que poderia trazer sérias consequência na folha de pagamento e das obrigações trabalhistas, como atualização do Piso salarial do Magistério, pagamento das férias em março, 50% do 13º salário em junho, liberação das promoções e progressões etc. 

Além da preocupação com o calendário escolar, o direito à educação de qualidade para nossas crianças, lotação dos professores e a jornada de trabalho dos educadores (13 horas em sala de aula e 7 horas/atividades de planejamento). Todas essas questões foram pontuados pelos professores, que estavam ansiosos para saber o planejamento da prefeita Belezinha e da nova secretária de educação.

Antes de apresentar explicações sobre a situação do nosso município no que abrange a educação e os problemas financeiros enfrentados em 2013,o Controlador do município, Dr. Guedes, deu esclarecimentos sobre os fiscais de tributo, quanto a arrecadação de receitas do ano passado, argumentando que há uma má interpretação da lei nº 1021 de 10 de abril de 2006 que dispõe sobre a gratificação de produtividade fiscal no âmbito do município de Chapadinha. 

Segundo o Controlador a gratificação dos fiscais de tributo, só é cabível na "arrecadação efetiva" por esses profissionais, e não o que o município arrecada de modo geral, ou seja, quando há participação dos fiscais diretamente nas notificações das cobranças dos impostos, eles fazem jus aos 6% de gratificação por produtividade.

Quanto ao aumento de 20% para 30% do risco de vida dos vigias e guardas civis, conforme a lei nº 12.740, sancionado em 8 de dezembro de 2012, pela Presidente Dilma Rousseff, precisava de regulamentação pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). O secretário geral do sindicato, esclareceu ao procurador que o MTE já acrescentou o anexo 3 à Norma Regulamentadora nº 16, através da Portaria MTE nº 1.885, de 02/12/2013 - DOU DE 03/12/2013 que normatiza as operações perigosas com exposição a roubos ou outras espécies de violência física nas atividades profissionais de segurança pessoal ou patrimonial que dar direito aos 30%.

Foi discutido também o direito à insalubridade dos profissionais de Saúde, que no governo anterior foi adequado os percentuais para cada setor, uma vez que muitos servidores trabalhavam no mesmo ambiente de trabalho, mas recebiam percentuais diferenciados, causando muitas reclamações. 

A respeito da Guarda Municipal o Controlador disse que a administração vai incluir representantes da categoria na criação do estatuto da corporação. A prefeita discordou que a GCM esteja em condições precária, sendo que já atendeu várias reivindicações proposta por ela desde a campanha eleitoral. Citou como exemplo a nova sede equipada com computadores, beliche, mesas, cadeiras, além da farda e os acessórios de trabalho, faltando apenas a conclusão do estatuto e cursos de capacitação. Somente a questão do concurso que a mesma havia prometido abrir mais vagas para guardas e não cumpriu, incluindo vagas para agente de trânsito pela necessidade urbana nesse setor. 

A líder do executivo relatou os problemas de gestão do ano passado, reconhecendo que é preciso urgentemente reorganizar sua equipe em prol do equilíbrio financeiro, pois do jeito que estava, a médio prazo a máquina pública passaria por sérias consequências. Preocupada com essa situação, a prefeita está tomando providencia para reestruturar sua administração, diagnosticando os problemas e buscando soluções emergenciais.

Um dos grandes problemas, enfrentado pelo município, ao longo de décadas, apontado pelo secretário de obras, Aluízio Santos, é a quantidade de escolas da zona rural para um contingente de alunado pequeno em toda a extensão do município. O secretário disse ainda que as estradas vicinais estão sendo recuperadas para ser implantada gradativamente a polarização, que vai acabar com o multisseriado, proporcionando a concentração de alunos em determinadas regiões, transportados por ônibus escolares. Com essas medidas aplicadas a educação rural terá um avanço significativo na qualidade do ensino-aprendizagem.

Em suma a reunião de gabinete foi muito proveitosa. Devido o tempo não foram discutido todos os detalhes propostos na pauta, porém, a prefeita e sua equipe se propuseram a dar continuidade a discussão em outros momentos, permanecendo o diálogo e as negociações no decorrer de sua administração, sempre buscando atender os direitos dos servidores públicos.

A comissão saiu do gabinete satisfeita, acreditando em melhores dias, visto que o governo está ciente dos problemas e tomando providencias. O sindicato estará ativo em seu papel representativo, sempre atento as ações do governo, para que de fato se concretize na prática, todas as propostas discutidas.

Enedilson Santos
Secretário Geral do SindChap

Fonte: Blog do SindChap

9 de janeiro de 2014

Confirmado ! Prefeita Belezinha atenderá comissão formada pelo SindChap nesta sexta (10) às 17:00hs


blog do sindchap - chapadinha-ma

REUNIÃO DE GABINETE

PAUTA

EDUCAÇÃO:
  • Liberação das progressões (titulação, mudança de nível, referências); Ajuste Fundeb. 2013 e previsão 2014; Projeto de lei das Gratificações do ASGs (insalubridade); Calendário de pagamento e Revisão do PCCR
SAÚDE:
  • Insalubridades; Adicional Noturno ; Referências ; Calendário de Pagamento 
GUARDA CIVIL MUNICIPAL:
  • Curso de formação e condição de trabalho
  • Participação da guarda na comissão de criação do estatuto
VIGILANTES:
  • Criação do Projeto de lei para o aumento de 20% para 30% do Risco de vida conforme a lei nº 12.740, sancionado em 8 de dezembro de 2012, pela Presidente Dilma Rousseff.
FISCAIS DE TRIBUTOS:
  • Alterações na lei nº 1021 de 10 de abril de 2006 que dispõe sobre a gratificação de produtividade fiscal no âmbito do município de Chapadinha.
APOSENTADOS:
  • Calendário de pagamento; 
Chapadinha-MA, 09/01/2014

Atenciosamente,


ARMANDO FERREIRA DE ARAÚJO
(Presidente)

Fonte: Blog do SindChap


7 de janeiro de 2014

Assessores e secretários do governo Belezinha recebem comissão de professores e discutem a problemática da educação.


Assessores e secretários do governo belezinha recebem
comissão de professores - Foto: Jane Andrade
Um grupo de professores de Chapadinha mesmo em período de férias estão mostrando a sua preocupação quanto às questões que envolve não só o sistema público de ensino, mas a maneira como a nova administração vem lidando com o erário público.

A reunião de uma equipe com o secretário de educação, Francejane Magalhães, ocorrida no dia 23 de dezembro de 2013, expôs dados alarmantes no que trata as finanças dos recursos do Fundeb, onde a dificuldade para saldar a folha de pagamento da educação foi notória, uma vez que ainda resta efetivar os vencimentos dos contratados.

Pensando em dialogar com a prefeita esse grupo de professores vem se reunindo deste ontem (06) na sede da entidade para debater a situação atual da administração pública, sendo enviado ofício a prefeita Ducilene Belezinha. Hoje (07) o grupo se reuniu novamente e partiram para a prefeitura para tentar conversar com a gestora, mas infelizmente, fomos informados que a mesma teve que ir à São Luis para resolver questões relacionado ao concurso público.

Uma equipe do governo, formado por assessores e secretários, receberam a comissão dos professores, onde foram discutidos inúmeros assuntos de pauta, que além da questão salarial e outros direitos pertinentes, a rede municipal de ensino precisa ser revisto e estruturada para que nossos alunos  receba uma educação de qualidade.


Dentre os assuntos mais preocupante, a professora Francisca Costa, relatou a problemática da educação em nosso município, abordado no  livro publicado pelos universitários da UFMA, "Elementos para análises da realidade educacional do município de Chapadinha-MA" que juntamente com o núcleo de redes e fórum em nossa cidade, pesquisou a real situação, mostrando dados alarmantes que precisa ser discutido por nossos governantes e toda a sociedade.

Os assessores do governo reconheceram as dificuldades enfrentadas, propondo ampliar o debate em busca de uma solução para o bem de todos. Foi dito por seus representantes que a prefeita pretende se reunir com a comissão para a discussão dos problemas. Ficou acordado que tão logo seja marcado uma nova reunião para a exposição da pauta e apresentação de ideias.

Enedilson Santos.

Fonte: Blog do SindChap

6 de janeiro de 2014

Inacreditável ! Chuva de granizo na cidade de Buriti-MA



O portal de notícia da cidade de Buriti, vizinha de Chapadinha, relata uma chuva de granizo que ocorreu na tarde de hoje (06), fato que  fascinou e preocupou os habitantes daquele município. 

Esse fenômeno que acontece principalmente nas regiões próximas à linha do equador onde as temperaturas são muito altas, geram glóbulos ou pedras de gelo. As pedras de gelo podem medir entre 5 a 200mm. Mais já foi registrado nos Estados Unidos, pedras que chegaram a medir até 750 gramas.

Essas pedras de gelo podem causar prejuízos em telhados, automóveis e principalmente na agricultura. Em Buriti, no povoado Mocambinho, distante a aproximadamente 13 km da sede, em meados da década do anos 80, foi registrado uma grande tempestade com queda de granizo que ocasionou perfurações em alguns telhados. 

A chuva de hoje teve pedras de pequeno porte, mais mesmo assim, pessoas que ainda não tinham presenciado esse raro e fascinante fenômeno natural ficaram preocupadas pelo barulho que as pedras de gelo faziam nos telhados.

Fonte: Portal Buriti


Servidores Municipais se reúnem com a diretoria do Sindicato para discutir pagamento e outros assuntos de interesse da categoria.



Na manhã desta segunda (06) cerca de 40 servidores municipais, em sua maioria, professores, estiveram reunidos com a diretoria do SindChap para tratar de assuntos relacionados ao pagamento, ajustes Fundeb e outros de interesse da categoria.

A preocupação maior discutida na presente reunião se deu com a situação da folha de pagamento do mês de dezembro de 2013, onde até o momento, a pasta da educação, não foi quitada, trazendo descontentamento a classe que desde o dia 21 vem aguardando o pagamento de seus vencimentos.

Os ajustes Fundeb/2012 creditado no dia 30 de abril de 2012 no valor R$ 1.911.509,66 (quase 2 milhões) reivindicado pela entidade como abono ou reajuste de 8,22%, de acordo com portaria nº 344 do MEC, foi outro assunto debatido na reunião.

A categoria reivindica que o percentual seja acrescido ao valor do piso nacional do magistério desse ano, ainda a ser atualizado pelo MEC. O sindicato entende que o descontrole na folha vem trazendo grandes prejuízos aos professores, dado que a valorização não vem acontecendo.

Foi deliberado pelos servidores, que seja enviado um ofício a gestora, para que atenda uma comissão para tratar desses assuntos, nesta terça-feira (07), na prefeitura. Os sócios se reunirão novamente amanhã na sede da entidade  a partir das 9 horas.

Se espera que a folha de pagamento da Educação, com o novo repasse da complementação da União de R$ 1.336.730,19, creditado hoje (06), seja efetivado a quitação imediata da folha, porém, preocupa a forma como as finanças do município, vem sendo organizada.

Como entidade representativa, o sindicato junto com seus associados, quer ajudar a nossa gestora a reorganizar sua administração para o bem de toda a sociedade. Não podemos ser penalizados por descontrole na folha de pagamento. 

O que o sindicato exige é que os direitos sejam respeitados em diálogo e negociação com a líder do executivo. Queremos um 2014 renovado, próspero, à altura dos anseios da população e dos servidores municipais !

Enedilson Santos

Fonte: Blog do SindChap


1 de janeiro de 2014

Minha vida é Bella !


Te amo infinitamente minha Bella !
Um novo ano se inicia e com ele uma alegria imensa de contemplar mais uma passagem do aniversário natalício da minha querida esposa, Belanildes Bastista, ou carinhosamente, como eu a chamo, Bella, o amorzinho da minha vida.

Ao seu lado descobri que a vida pode ser muito bela, pois encontrei a pessoa certa para compartilhar os momentos bons de felicidade, contentamento e até mesmo as situações de tristeza, pois nem tudo neste mundo são flores, mas vivermos com uma companheira carinhosa, traz calmaria à alma.

Me sinto realizado em ter uma mulher amorosa, dedicada, atenciosa, prendada e tantas outras virtudes que nossa linguagem ainda não soube descrever em palavras, qualidades que presencio diariamente convivendo com minha Bella.

Parabéns Bella ! Feliz Aniversário ! Feliz 2014 ! 
Que Deus continue nos abençoando para todo sempre !

Enedilson Santos

ÚLTIMAS POSTAGENS